Tudo Sobre NF-e - Nota Fiscal Eletrônica

O projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) foi implantado com o objetivo de utilizar um modelo nacional de documento fiscal eletrônico, visando substituir a emissão do documento fiscal em papel (modelos 1 e 1A). A validade jurídica do documento eletrônico é assegurada pela assinatura digital do documento, simplificando as obrigações acessórias dos contribuintes e permitindo, ao mesmo tempo, ao Fisco o acompanhamento em tempo real das operações realizadas.


Os principais motivadores do projeto NF-e são:


Redução de custos para o Fisco e para as empresas emitentes;

Preservação do meio ambiente, por meio da economia de papel;

Simplificação dos processos;

Agilidade nas transações comerciais entre empresas.


Em 2014, após a entrada do projeto Nota Fiscal Eletrônica para Consumidor Final (NFC-e), que é derivado da NF-e, com particularidades do varejo, a NF-e também terá mudanças significativas em seu layout, a fim de melhorar o processo. A NF-e 3.1 entra em vigor ainda este ano e causará impactos aos emitentes do documento. Também este ano o Serviço de Contingência do Ambiente Nacional (SCAN) será desativado, passando a ser utilizado a Sefaz Virtual de Contingência (SVC), tecnologia que já é utilizada no Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e).

Saiba mais sobre o NF-e

Como Emitir NF-e com PHP?

  Para demonstrar como usar o componente NF-e, foi utilizado o XAMPP. Neste caso, para liberar o uso da classe COM, é necessário ter no arquivo de configuração, a seguinte extension: php_com_dotnet.dll. O exemplo de uso, foi feito uma página simples com HTML e PHP. Para comunicar entre os fontes PHP, foi utilizado requisições com Ajax de uma maneira bem simples. Clique para Baixar Como usar o componente ? Após ter instalado o componente na máquina, basta fazer a instancia da classe do component [...] Leia Mais

Emissão Contingência EPEC - Manager EDoc

O EPEC permite à empresa solicitar o registro do "Evento Prévio de Emissão em Contingência" anterior à emissão do documento em si com um leiaute mínimo de informações. O EPEC deve ser enviado para o Ambiente Nacional (AN), utilizando-se o Web Service de Eventos genérico, criado para este fim. Os principais benefícios deste tipo de contingência são: Reduzir custo da emissão em Formulário de Segurança (FS-DA); Prover uma rota alternativa em caso de falha da infra [...] Leia Mais

Emissão Contingência FSDA - Manager EDoc

A contingência com o uso do formulário de segurança é o processo mais simples de implementar, sendo o processo de contingência que tem a menor dependência de recursos de infraestrutura, hardware e software para ser utilizado. Sendo identificada a existência de qualquer incidente que prejudique ou impossibilite a transmissão das NF-e e/ou obtenção da autorização de uso da SEFAZ, a empresa pode adotar a Contingência com formulário de segurança. A impressão da nota dever&aacu [...] Leia Mais